A Usina do Gasômetro, em Porto Alegre, é um dos cartões mais representativos da cidade. Construída em 1928, às margens do rio Guaíba, a Usina utilizava o processo de queima do carvão para a geração de energia elétrica. 

No entanto, esse processo ocasionava um grande volume de fumaça que começou a incomodar os moradores locais. A solução encontrada foi criar uma chaminé com 137 metros de altura, que pode ser vista de vários pontos diferentes da cidade. 

O seu nome foi escolhido devido à proximidade a uma antiga usina de gás de hidrogênio, responsável pela iluminação pública da época. Entretanto, no ano de 1974, a usina foi desativada e, no ano de 1983, o governo municipal tombou o edifício, transformando-o em um centro cultural, no ano de 1991.

Interessou-se no assunto? Então continue a leitura e saiba mais sobre a Usina do Gasômetro e a cultura de POA. 

Como era a infraestrutura da Usina do Gasômetro?

Os projetos utilizados para a construção da Usina do Gasômetro vieram da Inglaterra, bem como todos os materiais e máquinas. A construção foi uma das pioneiras na utilização do concreto armado no estado, e os acabamentos foram efetuados em alvenaria.

O espaço físico interior era dividido em três principais casas: Casa dos Aparelhos, Casa das Caldeiras e Casa das Máquinas. A Casa das Caldeiras se destaca das demais por ter um pé-direito em torno de 20 m. 

A Casa das Máquinas também apresenta um diferencial: um piso único, dividido por blocos de concreto, e uma sala destinada para os turbos-geradores (um espaço bem amplo, sem anteparos). 

Por que a usina foi fechada?

Em 1973, deu-se início a um boato de que a Usina do Gasômetro seria fechada. O boato se tornou verdade em 12 de agosto de 1974. Os principais responsáveis foram a crise do petróleo e a falta de condições de atender a demanda de energia necessária na época. 

Após o fechamento, tentou-se, por diversas vezes, demolir a construção. Esse processo foi evitado pela mobilização popular. Assim, em 1982, a Eletrobrás transferiu o uso do terreno para o governo estadual, que tombou a chaminé e o prédio.

É um centro cultural?

Assim como outras construções antigas, a Usina do Gasômetro se tornou um centro cultural, iniciando o seu funcionamento em 1991. Outros prédios históricos passaram pelo mesmo processo, como é o caso do Santander Cultural (que era um banco) e a Casa de Cultura Mário Quintana (que era um hotel).

Os 18 mil m² de área da Usina do Gasômetro se transformaram em auditórios, salas multiuso, laboratório fotográfico, videoteca, anfiteatros, estúdio de gravação, biblioteca, cinema, teatro e, até mesmo, em restaurantes e bares.

O que fazer na atual Usina do Gasômetro?

O centro cultural é administrado pela Prefeitura, que o utiliza para peças teatrais, exposições, exibição de filmes, eventos da cidade e espetáculos de dança. Além disso, há um evento de virada do ano com show pirotécnico e diversos artistas. 

Pode ser interessante conhecer a produção dos artistas plásticos, localizada no piso térreo na Galeria Iberê e na Galeria dos Arcos. As exposições buscam privilegiar os artistas locais, bem como a cultura do Rio Grande do Sul

O edifício abriga, ainda, o primeiro cinema municipal, com capacidade para 118 lugares e uma área de 292 m². No térreo, podemos encontrar a recepção do local, além de um saguão para eventos, exposições e feiras e um espaço destinado para reciclagem de papel. 

O segundo andar também conta com espaço para feiras, exposições e grandes eventos, com toda infraestrutura necessária. No terceiro andar, há a coordenação de cinema, vídeo e fotografia e, no quarto, um amplo espaço para exposições com vistas excepcionais da cidade.

O quinto andar é dotado de três salas para espetáculos, com capacidade para 40 lugares, e a Galeria Lunara que visa a homenagear os pioneiros da fotografia local.

Como pôde ser percebido, POA é uma cidade que valoriza muito o aspecto cultural. A prefeitura incentiva e cria diversas atrações em pontos diferentes da região, fornecendo, aos moradores, opções interessantes de entretenimento e aprendizado. 

E aí, gostou do nosso artigo sobre a Usina do Gasômetro? Deseja visitar novos locais? Então não perca 6 lugares para conhecer com a família em Porto Alegre! 

Autor

Escreva um comentário

Share This