Negociar um imóvel pode ser uma arte, em que tanto a pessoa que deseja comprar quanto quem o está vendendo usam certas artimanhas atrativas para fazer a melhor negociação para si.

Se você quer comprar um imóvel que atenda a todas as suas necessidades e o seu padrão de vida, e pretende encontrar uma forma de fazer uma excelente negociação, confira 9 dicas infalíveis para conseguir uma ótima redução no preço. Acompanhe!

1. Pagar à vista 

Essa é a primeira e mais óbvia dica, já que, em geral, é assim com tudo o que se quer comprar. Por isso, se você tiver o dinheiro para pagar à vista por um apartamento no bairro incrível que deseja morar, faça disso uma oportunidade para ter bons — muitas vezes ótimos — descontos.

2. Pesquisar o preço justo

Fazer essa descoberta é muito importante. Pesquise o valor do metro quadrado no bairro. Depois, trace um comparativo com imóveis muito semelhantes (em vários aspectos). Se perceber que o valor do imóvel que está negociando é maior do que o praticado no mercado, use isso a seu favor, tentando conseguir que o vendedor reduza o preço ou que as condições de pagamento sejam melhores.

3. Realizar vistorias

É fundamental que o comprador seja minucioso ao observar os detalhes do imóvel. Assim, alguns defeitos podem ser encontrados, o que pode significar uma redução no preço final. Além disso, lembre-se de falar sobre tudo o que precisa ser melhorado, pois se não conseguir diminuir o preço, o proprietário poderá realizar melhorias, como um acabamento de melhor qualidade, por exemplo.

4. Converse com os vizinhos

É importante conversar com os demais moradores do empreendimento ou com outros clientes da construtora para saber como é o atendimento pós-venda (em caso de compra de uma construtora) e se os imóveis realmente apresentam a qualidade que é oferecida nos anúncios. 

5. Disfarçar a ansiedade

Já ouviu dizer que a pressa tem o seu preço? Sim, pois, se você estiver com pressa em comprar seu imóvel e deixar transparecer essa ansiedade para quem o está vendendo, correrá o risco de não conseguir barganhar no preço. 

Mas também tenha cuidado, pois com o mercado em aquecimento, muitas vezes a demora em definir a compra pode levar a perda da unidade desejada, visto que ela pode ser vendida a qualquer momento.

6. Conhecer a região

É verdade que toda região tem qualidades e defeitos, mas não é por isso que se deve comprar um imóvel sem conhecer o lugar. Um defeito que é pequeno para alguns pode ser bem grande para outros, e o mesmo vale para as qualidades. Assim, tente conhecer as redondezas do imóvel em que pretende investir — e lembre-se de visitá-lo durante o dia e à noite.

7. Fazer comparações

Quem está vendendo um imóvel costuma fazer um comparativo mostrando que o dele está mais barato do que outros semelhantes. Desconfie dessas comparações e vá conhecer tais imóveis “aparentemente” inferiores.

Tente usar esse truque a seu favor, descobrindo se há outros imóveis à venda no condomínio e seus valores. Se os preços estiverem abaixo do que você está comprando, exponha isso ao vendedor.

8. Evitar contrariar o vendedor

Quando alguém é contrariado, a tendência é ignorar o que quem o contrariou está falando. E é impossível negociar com quem não o escuta.

Portando, diante do proprietário ou corretor, fuja das discussões e evite dar opiniões polêmicas. Às vezes, dar um sorriso ou acenar assertivamente com a cabeça já basta. Depois, simplesmente mude de assunto.

9. Descobrir se o imóvel está encalhado

Uma excelente maneira de reduzir, consideravelmente, o preço de um imóvel é descobrir há quanto tempo ele está à venda. Se faltam interessados, há grande chance de o proprietário aceitar vendê-lo por um preço mais baixo.

Como descobrir o preço? Converse com o síndico, com o zelador do prédio e com vizinhos, e tente analisar quando o anúncio foi feito pela primeira vez.

Agora que você está mais seguro para negociar um imóvel e conseguir um bom desconto, assine nossa newsletter e não perca as novidades!

Autor

Escreva um comentário

Share This