Planejar a iluminação para o apartamento é uma das etapas mais importantes da construção ou da reforma de um ambiente. A iluminação é diretamente responsável por dar vida ao projeto arquitetônico e atribuir alguns aspectos ao cômodo em questão. 

Com a luminosidade correta é possível realçar detalhes importantes da decoração, transmitindo as sensações desejadas em cada ambiente. No caso de um quarto, por exemplo, é possível trazer aconchego e acolhimento com o bom uso das luzes. 

Um projeto de iluminação de qualidade não deve responder apenas pela questão estética, mas pela função de cada cômodo, levando em consideração as características dos moradores. Ficou interessado no assunto? Então, confira este post e veja 6 dicas de como planejar a iluminação do apartamento.

Não deixe para depois, hein?

1. Aproveite a luz natural

Uma das melhores alternativas para planejar a iluminação é apostar na luz natural. Para isso, evite a utilização de materiais pesados ou cores e padrões escuros. Elementos como a camurça ou o veludo são capazes de tornar o ambiente mais carregado e impedir a entrada da luz natural. 

Para aproveitá-la, pendure espelhos nas paredes opostas às janelas, decore as janelas com cortinas em tecidos naturais ou tons claros e use acessórios decorativos com superfícies espelhadas (visando refletir a luz e as cores claras do ambiente).

2. Use lâmpadas de LED para o banheiro

As lâmpadas de LED estão sendo cada vez mais utilizadas. Elas são mais econômicas, duráveis e capazes de garantir a elegância em vários ambientes. No caso dos banheiros, é possível instalá-las atrás dos espelhos, criando um visual luxuoso e moderno.

3. Invista na iluminação embutida

Você também pode optar pelo uso de iluminação embutida em alguns espaços. Essa prática é muito utilizada para aumentar a sensação de amplitude nos cômodos. 

Atualmente, a maioria dos imóveis construídos são pequenos. Então, investir no rebaixamento do gesso e no uso de iluminação embutida pode ser um grande diferencial. Assim como nos banheiros, procure utilizar lâmpadas de LED nesses locais. 

4. Deixe a cozinha bem iluminada

A cozinha é um dos cômodos mais utilizados em um apartamento. Assim, a sua iluminação deve ser cuidadosamente pensada. Uma possibilidade interessante é o uso de lâmpadas de tonalidades mais claras.

Coloque várias lâmpadas e garanta que a claridade atinja todos os pontos da cozinha. Apostar nas lâmpadas de LED também pode ser uma escolha interessante. 

5. Use luzes amarelas na sala de estar

Nem todos os cômodos devem ser iluminados com lâmpadas de LED ou luzes brancas. Ambientes como a sala de estar pedem uma iluminação mais aconchegante, destacando apenas alguns pontos específicos, como mesas de centro.

Um dimmer pode ser utilizado para controlar a intensidade da luz. Os abajures e as luminárias de piso podem ser empregadas para uma iluminação indireta. A grande dica é: nunca coloque pontos de luz em cima do sofá ou de poltronas. Elas podem incomodar as pessoas que utilizarão esses móveis.

6. Garanta o aconchego dos quartos

Certamente, o quarto é um dos ambientes que mais habitamos. Assim, cuidar da iluminação é extremamente importante. Para isso, invista em uma iluminação indireta, com tons suaves. Desse modo, será possível que o espaço se torne aconchegante, tanto no quarto do casal quanto no quarto das crianças. 

Luminárias decorativas e outros truques de iluminação também podem ser utilizados para garantir o foco de luz em determinado ponto  principalmente no quarto das crianças, que não gostam de ficar totalmente no escuro. Pense nisso!

Listamos, neste artigo, algumas dicas de como planejar a iluminação do apartamento e facilitar o convívio e a correta utilização de cada cômodo. Não deixe de segui-las e invista na decoração do seu apartamento. 

E aí, gostou das informações que destacamos sobre a iluminação para o apartamento? Que tal conhecer um pouco mais sobre o assunto? Veja 5 dicas de decoração para deixar o seu apartamento incrível. Não perca essa oportunidade.

Autor

Escreva um comentário

Share This