Está pensando em ter o seu próprio imóvel e sair do aluguel? Esse é o desejo da grande maioria das pessoas, porém requer emprenho e a estruturação de um planejamento financeiro. Além de cortar gastos, também é importante fazer com que o seu dinheiro renda mais.

Há diversos tipos de investimento que podem ajudar a chegar ao objetivo pretendido. No mercado financeiro, há opções para todos os perfis de investidores, desde as aplicações mais conservadoras até as mais arrojadas. O que é preciso entender é que, quanto maior o risco, maior pode ser o ganho.

Entretanto, se a sua intenção é abrir mão de grandes rentabilidades para ter segurança e um retorno garantido, está no lugar certo. Separamos os quatro investimentos mais seguros para que você possa começar a aumentar o seu patrimônio e chegar ao sonho da casa própria. Confira!

Conheça 4 tipos de investimento com retorno garantido

1. Poupança

Essa é a modalidade mais utilizada pelos brasileiros. As suas vantagens são a simplicidade de adesão, a isenção de impostos e a segurança.

Contudo, possui baixa rentabilidade, em torno de 0,5% + Taxa Referencial (TR) ao mês, que pode ser conferida no site do Banco Central

2. CDB

Os Certificados de Depósito Bancário são uma espécie de empréstimo feito aos bancos para captação de recursos. Os juros sobre os valores aplicados são pagos no fim do período estipulado.

A rentabilidade varia de acordo com o volume investido e com a modalidade: 

  • prefixado, em que a taxa de remuneração já é definida no momento da contratação; 
  • pós-fixado, que pode sofrer alteração de acordo com o indexador contratado e que só será conhecida no momento do resgate.

Para ajudar na escolha, é recomendado observar a taxa Selic.

O maior risco é o de a instituição financeira em que o valor foi investido quebrar. É imprescindível verificar a solidez da organização antes de fazer a aplicação e, de preferência, manter o valor dentro da cobertura do FGC (Fundo Garantidor de Crédito).

3. Tesouro Selic

São títulos de dívida pública negociados pelo Tesouro Direto. Um dos maiores benefícios é o fato de serem considerados mais seguros que a poupança, pois o risco de crédito — a possibilidade de o emissor não honrar o pagamento — é menor por serem ligados ao governo federal, além de ser possível iniciar a aplicação com valores baixíssimos, a partir de R$ 30.

Esse investimento também tem as modalidades prefixada e pós-fixada. Outras vantagens são que, mesmo com risco menor, a sua rentabilidade é maior que a da poupança, estando ligada à taxa Selic, e à possibilidade de retirar o valor aplicado antes do prazo determinado sem perdas significativas.

4. Letras de crédito

As LCAs (Letras de Crédito do Agronegócio) e as LCIs (Letras de Crédito Imobiliário) são títulos de renda fixa emitidos pelos bancos que, geralmente, têm a sua rentabilidade ligada ao CDI.

A sua vantagem é que possui isenção de imposto de renda para pessoas físicas. As desvantagens são o valor e o tempo mínimos de aplicação, que costumam ser mais elevados que nos demais tipos de investimento.

Entenda os imóveis como investimento

Agora, que você já conhece os tipos de investimento mais seguros para começar a fazer o seu dinheiro se multiplicar, não se esqueça de que o imóvel também é um investimento. Ele pode oferecer segurança em relação à oscilação de valores, além de boa rentabilidade pela valorização e por ser uma fonte de renda, caso queira alugá-lo.

Gostou deste artigo? Quer se manter informado sobre planejamentos financeiros e imóveis? Então, cadastre-se em nossa newsletter e receba artigos como este diretamente em seu e-mail.

Autor

Escreva um comentário

Share This