Ter um animal de estimação é um desejo comum para muitas pessoas, além de ser uma das maneiras de diminuir os níveis de estresse diante do estilo de vida tão corrido dos grandes centros urbanos. Por essa razão, conhecer algumas dicas para cuidar e conviver com cachorro em apartamento pode ser de grande valia.

O fato é que nem sempre é uma tarefa simples criar os nossos pets em ambientes com pouca metragem, e erros nesse quesito podem afetar o seu comportamento, fazendo, até mesmo, com que os bichinhos fiquem tristes ou ansiosos. Confira as dicas a seguir e descubra como evitar esse tipo de problema.

1. Siga as regras do condomínio

A primeira regra para conviver com cachorro em apartamento é seguir as regras do condomínio, afinal, quando se vive em um ambiente com áreas comuns e outras pessoas, seguir essas determinações pode fazer toda a diferença entre não ter problemas com os vizinhos ou acabar com uma bela dor de cabeça no seu dia a dia.

Procure ler o estatuto e compreender quais são as disposições a respeito de animais de estimação. Verifique quais são os espaços onde eles são permitidos, quais são as normas sobre o uso de coleiras ou focinheiras e tente fazer tudo de acordo com o que foi previamente estabelecido em assembleia pela maioria.

2. Utilize redes de proteção

Outra excelente escolha para quem deseja conviver com cachorro em apartamento é apostar na instalação de redes de proteção. Essa é uma alternativa muito comum nos edifícios de hoje e confere alguma segurança tanto para quem tem animais de estimação quanto para quem possui crianças pequenas na família.

Alguns imóveis de luxo já podem contar com essa opção. No entanto, se esse não for o seu caso, as instalações podem ser feitas nas janelas para evitar acidentes. Mas também fique atento caso a sua residência conte com sacadas ou varandas, pois elas podem representar um perigo extra para os cães.

3. Tenha cuidado com as plantas

Decorar o apartamento com plantas é um hábito muito comum para boa parte dos brasileiros e, quando isso é feito com boas escolhas, os resultados podem ser muito interessantes para a decoração e para o próprio ambiente do imóvel. No entanto, quando você tem um cachorro no apartamento, vale ter um cuidado extra nesse assunto.

Isso porque diversos exemplares da nossa flora podem ser venenosos para os animais de estimação. Evite, por exemplo, lírios da paz, espadas de São Jorge e copos de leite, entre outros. Caso tenha dúvidas, converse com o seu veterinário de confiança ou pergunte sobre o tema em casas de jardinagem.

4. Separe um lugar para as necessidades

Por fim, para ter um cachorro em apartamento, você precisa separar um lugar específico para que ele possa fazer as suas necessidades fisiológicas. Afinal, você não vai querer se deparar com xixi e cocô do pet em cima do seu tapete favorito ou da mobília caríssima que você comprou, não é mesmo?

Esse local pode ser na varanda, na área de serviço ou até mesmo no banheiro social. Tapetes higiênicos podem ser grandes aliados, pois absorvem a urina e ajudam muito no controle dos odores.

E agora, pronto para conviver com cachorro em apartamento? Gostou do conteúdo? Então, compartilhe-o em suas redes sociais e colabore para a vida harmoniosa de seus amigos com seus pets!

Autor

Escreva um comentário

Share This